A Embrapa Suínos e Aves iniciou em 2008 o estudo de um sistema alternativo para a produção de suínos. Pesquisadores avaliaram um modelo de sistema de produção em ciclo completo, em baixa escala (granja com 21 matrizes), em que os animais são mantidos “em família”, ou seja, as leitegadas não são separadas desde o nascimento até a terminação. É um sistema que propicia maior bem-estar aos animais, menor nível de estresse e de desafios sanitários, o que tem possibilitado a retirada total de antimicrobianos preventivos da ração. Os dados obtidos até o momento indicam que o modelo de sistema que está sendo testado é viável para produtores em pequena escala, sendo possível produzir suínos de forma sustentável quanto a aspectos de bem estar animal e qualidade do produto final. Embrapa: Dia de Campo na TV

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + dezenove =

Top