Quais são os principais componentes para a climatização de granjas de frangos de corte? O tema é abordado no segundo episódio da Web Série sobre Ambiência para Aves de Corte, produzida pela Agroceres Multimix, que há 45 anos oferece muito mais que nutrição ao setor agropecuário.

Segundo o Consultor de Serviços Técnicos de Aves da empresa, Leandro Correa, os principais parâmetros de ambiência manejados no aviário são temperatura, qualidade e velocidade do ar, além de iluminação. Ele explica que o objetivo da ambiência é promover conforto térmico às aves para obtenção de melhores resultados zootécnicos e econômicos.

No vídeo são abordados os principais equipamentos que compõem o sistema de climatização com ventilação por pressão negativa. Leandro destaca que este é o único sistema que pode proporcionar ambiente controlado e em conformidade com os parâmetros ideais para as aves.

“Os sistemas de ventilação por pressão negativa convencionais monitoram e atuam no controle da temperatura e qualidade do ar em tempo integral, independente das condições climáticas externas, além de possibilitar o controle da velocidade do ar e intensidade luminosa”, explica o Consultor da Agroceres Multimix. “Está comprovado que esse sistema proporciona melhores resultados zoo-econômicos, mas para isso é preciso se atentar a detalhes significativos do projeto”, alerta.

Conhecer a origem do calor na arte interna dos aviários, entender a importância do isolamento e vedação, é tão importante quanto atentar ao projeto do sistema de climatização. Segundo Leandro, os equipamentos indispensáveis para a garantia do conforto térmico das aves são: aquecedores, exaustores, pad cooling, inlets, lâmpadas, dimmers e geradores.

Entre as principais dicas trazidas no vídeo pelo consultor da Agroceres Multimix estão:

– adquirir aquecedores com sistema de acionamento e abastecimento automáticos;

– a quantidade total de exaustores instalados deve considerar a velocidade média de fluxo de ar na ventilação tipo túnel;

– a área de superfície do painel evaporativo corresponde à velocidade de passagem do ar pelo painel (1,78 m/s);

– para trabalhar de a ventilação de transição forma adequada o sistema deve conter inlets suficientes para garantir a passagem de ar de 40% a 50% da capacidade total de ventilação do aviário.

– garantir a intensidade luminosa, com uniformidade de no mínimo 80%;

– o controlador de ambiência é o nosso granjeiro 24h;

– por segurança recomenda-se a instalação de um gerador para atender ao sistema como um todo e outro apenas para parte do sistema de ventilação.

Confira a íntegra do segundo episódio aqui na plataforma Agroflix, que traz vídeos completos gravados com especialistas do agronegócio sobre variadas espécies e tem o objetivo de ajudar os produtores a gerenciar melhor fazendas ou granjas. Fique ligado para o próximo episódio, sobre gestão da ambiência na fase inicial dos lotes.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − cinco =

Top